Vamos voltar no tempo

Hoje em dia quanto mais você, profissional, se abre para novos conceitos de vídeo mais você cresce.

Muitas vezes você sai de uma produção e encara logo em seguida uma outra com um novo conceito, novo roteiro, enfim, essa é a vida que escolhemos rs.

Um reunião em um café foi suficiente para a idéias baterem,o Diogo e a Bianca me procuraram e simplesmente me apresentaram um roteiro praticamente finalizado do que seria o ensaio deles, fiquei impressionado, tratava-se de algo muito bem elaborado, confecção de roupas, aluguel de elementos para o vídeo, tudo para que fosse algo muito fiel ao conceito mais antigo.

Minha responsabilidade foi adaptar este roteiro, dirigir,gravar e editar.

Foram dois dias  de gravação, o segundo dia bem cansativo, mas valeu muito a pena.

Este é um vídeo para os casais extremamente românticos de plantão rs.

Inspirem-se


“é a cara de vocês”

Sabe aquela frase célebre que sua amiga(o) mais chegado, é, aquele que conhece seus gostos, ou mesmo sua família chegam e falam “é a sua cara”, sabe?


Sabe aquela frase célebre que sua amiga(o) mais chegado, é, aquele que conhece seus gostos, ou mesmo sua família chegam e falam “é a sua cara”, sabe?Seja uma roupa, um filme, um restaurante, enfim, muitas coisas realmente são “a nossa cara”.

Quando o assunto é vídeo, e esse vídeo precisa ser especial, saber a fundo o que o casal (no caso de vídeo de casamento) quer, o que ele gosta é primordial.

Nem sempre a tarefa é fácil, muitas vezes o casal é tímido, não consegue se expressar, e nem uma reunião de 3 horas poderia extrair algo que o diretor do vídeo poderia usar como roteiro.

É necessário observação, o jeito que o casal se trata, a profissão do noivo, a profissão da noiva, o filme ou série que eles assistem, coisas que numa conversa não caracterizam um “interrogatório”para um roteiro rs.

A Shirley e o Fábio podem ser considerados um casal atípico, não são adeptos ao romance de praia, parque, se amam, porém, do jeito deles e eu particularmente isso.

Ele, um fanático por tecnologia, criador de robôs. Ela estagiária de arquitetura, ou seja, um casal que em suas profissões gostam de criar, ou ver algo tomar forma.

Pensando nisso, roteirizei algo realmente “a cara deles”, …” e se tivéssemos a chance de criarmos a pessoa ideal?”.

Wow,o sonho da humanidade rs..mas como não consigo fazer isso acontecer efetivamente, brinquei com a arte, e assim saiu esse vídeo atípico, instigador, misterioso que fez com que os noivos amassem.

Talvez muitos amem o vídeo, talvez muitos não amem o vídeo, a diversidade de gostos é essencial no mundo, assim aprendemos a lidar com cada um.

Missão dada é missão cumprida, virão outros casais, com características diferentes, gostos diferentes, e isso me motiva demais, meu intuito não é ficar dentro da caixinha, é sair dela sempre, é viajar.

Quem quer viajar comigo?

1
Using Format